domingo, 13 de janeiro de 2008

Juliana voltou das férias, e nos bolsos tudo o que tinha era alguns trocados e uma lista das coisas pelas quais vale a pena viver. Os olhinhos dela estavam voltados para mim e em silencio eu fazia a pergunta de sempre: “o que faremos agora?”. Ela respondeu que também não sabia.
-Você devia perguntar a si mesma. Alguma delas deve saber.

Em minha mente há um quartinho que só Juliana tem a chave. É lá que vivem as outras morganas. Elas não saem muito. E entediadas caminham de um lado para o outro entre as paredes brancas. Uma delas senta num canto e acende um cigarro. Ela nem liga para o fato de que eu não fumo. Deitada no chão, uma delas esta triste sem motivo, enquanto outra ri de mim. Esta tem muitos motivos. São tantas que acho que não conheço todas elas.

Que sorte, eu me acostumei a viver assim.

Eu sentia uma forte dor de cabeça.
-Soube que houve uma rebelião. – Disse Juliana.
Mataram a ansiosa. A romântica e a sonhadora foram feitas reféns. A inteligente fugiu há muito tempo.

Uma rebelião? Não pensei que em mim havia uma instigadora.

Juliana perambulava curiosa.
-Quem será a líder? - perguntou para a alienada, mas ela não sabia de nada.

Mas eu sabia. E Juliana agora se recordava dela. Tínhamos um plano.

E depois de muito pensar finalmente resolvemos o que fazer este ano.
Trancaremos todas as outras.
Seja o que for, mas que seja divertido.
Vamos deixar a louca decidir.

4 comentários:

Wagner Sabbado disse...

Nossa mente é incansavel, sera q podemos controla-la? Lutar contra ela, sera possivel? Como conseguir sua amizade? Acho q ser intelectual ou nao, nao influencia nisso. Otimo plano, mas tenho q dar uma de chato, quanto tempo é possivel controlar todos os "eus" q possuimos? Adoro o q tu escreve, beijos.

dantezcoman disse...

Oba, não conheço a sua louca, mas meu louco tá no comando e, apesar de algumas burradas fenomenais dele, não me arrependo!

Agatha disse...

Quantas Agathas será que eu tenho dentro de mim?

Denis disse...

Esse texto me lembrou um cd do Ayreon, The Human Equation. Muito bom. O texto. O cd também, mas tô falando do texto. XD